Ir para o conteúdo principal

Deputado Anderson requer do Poder Executivo prestação de auxílio, proteção e assistência para servidores da Segurança Pública vítimas de violência no exercício de suas funções

quarta-feira, 03/11/2021 às 14h59min
Deputado Anderson requer do Poder Executivo prestação de auxílio, proteção e assistência para servidores da Segurança Pública vítimas de violência no exercício de suas funções

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS) encaminhou ao Poder Executivo, com cópia ao secretário-chefe da Casa Civil, um requerimento solicitando informações acerca da análise da indicação nº 2196/2020, que trata sobre a instituição de diretrizes para a prestação de auxílio, proteção e assistência aos servidores públicos vinculados à Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), vítimas de violência no exercício de sua função ou em razão dela, no âmbito do estado de Rondônia.

A presente solicitação visa atender os servidores públicos que prestam serviços na área da segurança pública em geral, sendo certo que estes se encontram mais vulneráveis aos altos índices de criminalidade, já que convivem diariamente com o perigo representados pelos criminosos, seja nas ruas, cadeias, delegacias e penitenciárias.

“A segurança pública é setor estratégico da sociedade, responsável por garantir a paz e o cumprimento das leis”, observou Anderson Pereira. “Os profissionais dessa área prestam serviço essencial e digno, porém muitas vezes há impacto sobre a saúde psíquica”, analisou o parlamentar.

O deputado destaca que o objetivo da indicação tem como preocupação maior com a saúde mental desses profissionais, fragilizada pelo estresse cotidiano causado pela violência urbana.

Em Rondônia, de acordo com a Secretaria de Estado de Segurança e Defesa da Cidadania (SESDEC), nos últimos cinco anos foram registrados cerca de 600 suicídios. Essa estatística é referente à população em geral e agentes de segurança pública ligados ao Poder Executivo do Estado.

“Sabe-se que a violência nos grandes centros acontecem a todo momento, ocasião que necessita da pronta intervenção dos agentes de segurança pública. É possível notar que a atividade de enfrentamento da violência acontece com crises e eventos de grande estresse para o servidor. Nesse ponto, na atividade policial, encontram-se diversas situações que podem afetar diretamente o estado e o equilíbrio emocional do policial, que necessita de um acompanhamento constante de profissionais para o equilíbrio da saúde mental”

Diante desses fatos, o parlamentar espera a sensibilidade do Governo do Estado e aguarda uma resposta positiva à solicitação com vistas a ampliar garantias e reduzir a violência contra servidores vinculados à área de segurança em todo o estado de Rondônia.