Ir para o conteúdo principal

Deputado Anderson apresenta projeto para suspender portaria da Sejus que prejudica servidores penitenciários e socioeducativos

quinta-feira, 11/04/2019 às 09h47min
Deputado Anderson apresenta projeto para suspender portaria da Sejus que prejudica servidores penitenciários e socioeducativos

O deputado estadual Anderson Pereira (Pros) apresentou nesta terça-feira (9) Projeto de Decreto Legislativo para sustar os efeitos da Portaria nº 1.222/GAB/SEJUS, de 26 de agosto de 2014, que dispõe sobre a imposição aos agentes penitenciários e agentes de segurança socioeducativos a apresentação em sua unidade no dia seguinte ao fim da licença médica. A proposta é uma resposta ao ofício denúncia nº 48/2019, protocolado pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários e Agentes de Segurança Socioeducativo do Estado de Rondônia (Singeperon), no último dia 4, no gabinete do parlamentar.

De acordo com o projeto, a portaria em vigor obriga o servidor a apresentar-se em sua unidade de origem no dia seguinte ao término do atestado médico, atingindo diretamente o direito de pleno gozo de descanso remunerado dos servidores, previsto na Lei Complementar n. 68/92.

Na justificativa, o deputado ressalta que os referidos servidores desempenham jornada especial em regime em escala de plantão. “A efetiva portaria acarreta em interrupção desta jornada, uma vez que após a apresentação do atestado médico pelo servidor o mesmo tem a obrigação de retornar no dia subsequente ao fim da licença medica a sua unidade no dia em que estaria de folga”, explicou.

Deste modo, Anderson Pereira apresentou o Projeto de Decreto Legislativo sustando os efeitos da portaria do governo e tornando esta medida por parte da Secretaria de Justiça sem efeito, passando a valer o que determina a lei sem prejuízo ao descanso do servidor.

Tramitação

O projeto será lido em sessão ordinária e encaminhado às comissões de Segurança Pública e Constituição, Justiça e Redação para a análise constitucional e de mérito.