Ir para o conteúdo principal

Deputado Anderson alerta para risco de propagação do coronavírus em Rondônia caso visitas sociais não sejam suspensas nos presídios e unidades de internação

quinta-feira, 19/03/2020 às 08h04min
Deputado Anderson alerta para risco de propagação do coronavírus em Rondônia caso visitas sociais não sejam suspensas nos presídios e unidades de internação

Preocupado com a pandemia do COVID-19 / Coronavírus, que mesmo sem ter nenhum caso confirmado no Estado de Rondônia, mas que assombra a população mundial, o deputado estadual Anderson Pereira (PROS), faz alerta quanto a uma portaria editada pela Secretaria de Justiça (SEJUS), que suspendeu as visitas íntimas nos presídios do Estado e manteve de 15 em 15 dias a “visita social”, em locais com estrutura sem contato íntimo, encontro a dois entre apenados com: companheiras, namoradas ou esposas, não livrando servidores dos riscos de contaminação.

Anderson Pereira defende que a suspensão seja mantida por no mínimo 30 dias, tempo que poder ser necessário para os órgãos competentes encontrem uma medida que venha diminuir os riscos, pois com a possível proliferação no Estado, que tem 60 casos suspeitos, os números podem aumentar e resultar em uma contaminação coletiva partindo das unidades, que abrigam mais de 13 mil condenados. Para o parlamentar, a suspensão pode evitar contaminação em massa entre presos, internos e nos servidores da categoria, que cumprem serviços sem equipamentos necessários como: álcool em gel , máscaras, luvas e outros.

O deputado Anderson aponta a ação como preocupante, muito delicada e quer que uma medida seja tomada para evitar que essa pandemia chegue as cadeias colocando em risco a vida de trabalhadores que fazerem a segurança da população. “Queremos que a SEJUS tome a decisão mais acertada para não por a saúde dos servidores em risco podendo até causar um caos na saúde pública”, finalizou o deputado.