Ir para o conteúdo principal

Após audiência em Extrema, Governo atende pedido do deputado Anderson e anuncia investimentos na saúde da Ponta do Abunã

segunda-feira, 10/06/2019 às 14h24min
Após audiência em Extrema, Governo atende pedido do deputado Anderson e anuncia investimentos na saúde da Ponta do Abunã

No dia (31/05), moradores dos distritos de Vista Alegre, Extrema, Nova Califórnia e ramais, todos na Ponta do Abunã, se reuniram com autoridades políticas para debaterem sobre os problemas que a comunidade enfrenta há bastante tempo. O deputado Anderson pereira (Pros) apoiou a atitude da população em chamar a discussão, pois as deficiências que foram abordadas são garantidas pela Constituição e devem ser devidamente respeitadas e cumpridas.

Anderson se reuniu com o secretário de Estado da Saúde, o médico Fernando Máximo, na manhã da última sexta-feira (7), onde discutiu vários assuntos debatidos em audiência, sendo um deles relacionado a um aparelho de Raio-X que encontra-se quebrado. Também abordou sobre a estadualização das vicinais para que o DER possa ser ativado na região da Ponta do Abunã.

De forma rápida e ágil a equipe do governo, anunciou a implantação de um novo aparelho de Raio-X no hospital de Extrema para trazer comodidade aos usuários do sistema público de saúde e resolvendo de uma vez por todas essa problemática. Estiveram presentes na reunião na Secretaria de Estado da Saúde – Sesau os deputados Jean de Oliveira (MDB) e Chiquinho da Emater (PSB).

“Vamos unir forças com os demais deputados que participaram da reunião, para que possamos através de emenda parlamentar melhorar o centro cirúrgico do hospital de Extrema com a contrapartida também para o hospital de Guajará-Mirim, através de recursos para atender essa região tão importante para o Estado de Rondônia”, destacou Anderson Pereira.

Estadualização de Vicinais

No tocante à estadualização das vicinais, o governo do Estado através do DER está realizando estudo para incluir as vicinais do município de Porto Velho como rodovia estadual, cerca de 300 quilômetros para no próximo ano. A residência do DER que foi desativada no governo passado será ativada, porém até essa ativação será feita uma contra partida com a residência do DER da capital para continuar os trabalhos nos distritos da Ponta do Abunã.